quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Chevrolet Volt

GM desenvolve solução para risco de incêndio em baterias do Chevrolet Volt

Recall das 6 mil unidades vendidas será feito



Após o caso de uma unidade que se incendiou sem motivo aparente três semans após uma colisão, a General Motors decidiu reavaliar o sistema de baterias do Chevrolet Volt. Oferecendo-se até para recomprar as unidades do modelo já vendidas, a empresa vai comunicar oficialmente as alterações nas próximas horas. No entanto, um anúncio já foi feito para as agências de notícias.
A solução apontada pela GM diz respeito especialmente a um reforço no componente que reveste o conjunto de baterias, localizado no assoalho do Volt. Outra alteração é colocar mais protetores junto ao sistema de refrigeração, para evitar vazamentos em acidentes mais graves. A empresa deve reparar os pouco mais de seis mil exemplares gratuitamente, custando cerca de US$ 1.000 para seus cofres.
A preocupação da Chevrolet se iniciou após um exemplar do Volt, testado pela Agência Nacional de Segurança de Tráfego dos EUA (NHTSA), pegar fogo sem motivo aparente, três semanas após as avaliações de colisão serem realizadas. Ainda assim, o órgão manteve a nota máxima de segurança para o elétrico.

Nenhum comentário: